Policia Civil Prende comerciante por receptação qualificada e contrabando.

A Delegacia de Polícia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas, do Departamento Estadual de Investigações criminais, após o recebimento de uma denúncia anônima que noticiava a comercialização de uma carga de desodorantes roubada no mês de maio, compareceu em um estabelecimento comercial localizado no Campo da Tuca e confirmou a existência da situação fática.

Além disso, diversas caixas de cigarros de origem estrangeira (Paraguai) foram encontradas no estabelecimento, apesar da proibição de sua comercialização. No local, o proprietário do comércio, J.J.S.O., 56 anos, não conseguiu comprovar a origem dos produtos, motivo pelo qual recebeu voz de prisão em flagrante pelos crimes de receptação qualificada e contrabando. De acordo com o Delegado Gustavo Rocha: “o roubo de cargas alimenta uma extensa cadeia de criminosos até chegar nas prateleiras de mercados para que sejam disponibilizados ao consumidor final. Não é à toa que o transporte rodoviário de cargas no Brasil é considerado o mais oneroso do mundo, refletindo no valor final do produto”. O Del. Sander Cajal, Diretor da Divisão de Investigação Criminal, reafirma o compromisso do Departamento com a sociedade, intensificando as investigações qualificadas desde de sua origem até a ponta, ou seja, o receptador da carga.


Fonte: Policia Civil RS - DRFC / DEIC

Portal Riscos Brasil

0anuncie1.jpg
Últimas noticias