Comerciantes são presos por receptação com carga de arroz roubada

January 17, 2017

Três comerciantes de Campina Grande, no Agreste paraibano, foram autuados em flagrante pelo crime de receptação de uma carga de alimentos roubados. Dois deles foram flagrados vendendo os produtos e um terceiro suspeito foi apontado por eles. A carga de arroz foi roubada na BR-230, no mês de dezembro do ano passado e estava sendo vendida na feira central da cidade.

 

De acordo com o delegado de roubos e furtos da Polícia Civil, em Campina Grande, Cristiano Santana, a carga foi roubada quando era transportada de Recife para Campina Grande no dia 6 de dezembro, depois de ser comprada por comerciantes.

Ao passar pelo município de Riachão do Bacamarte, no Agreste do Estado, a carreta que fazia o transporte foi interceptada e encontrada a carga roubada. Era cerca de 1 tonelada de arroz”, disse ele. Segundo o delegado, a Polícia Civil recebeu uma denúncia anônima de que parte dessa carga estava sendo vendida na feira central de Campina Grande. Durante uma ação realizada por policiais civis nesta terça-feira (17), a informação foi confirmada.

 

Dois comerciantes foram flagrados vendendo os produtos na feira central. Eles disseram que teriam comprado os sacos de arroz de uma terceira pessoa que também foi identificada e autuada, porém também nega saber que a carga é roubada. Eles foram autuados pelo crime de receptação”, explicou Cristiano Santana. A investigação específica do roubo da carga está sendo feita pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas da Polícia Civil, em João Pessoa.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

atlas_login.png
Últimas noticias
Please reload

Roubo de carga
Quem somos
|
|
|
|
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
Riscos Brasil é um portal de conteúdo informativo e educativo voltado ao mercado de logística e transporte, porém com foco em Segurança e Prevenção de perdas. Tire dúvidas, busque informações e participe das nossas ações de combate a criminalidade, em especial, roubo de cargas e demais crimes associados.