Roubo de cargas em MT aumenta em 42%; situação é exposta ao novo superintendente da PRF

A diretoria do Sindicato de Empresas de Transporte de Cargas no Estado de Mato Grosso (Sindmat) se reuniu com o novo superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Aristóteles Cadidé, ontem, para discutir a alta incidência de roubo de cargas. De acordo com o presidente do sindicato, Eleus Amorim, nos últimos 12 meses houve um aumento de 42% nos casos e com prejuízos incalculáveis aos transportadores. “A questão do roubo de cargas envolve o Brasil todo e o que está acontecendo no Rio de Janeiro vai acontecer em Mato Grosso também caso não acha uma intensificação do combate a este tipo de crime”.

Roubo de Cargas

Amorim disse que o setor compreende que há falta de estrutura para as polícias atuarem e por isso mesmo o sindicato provocou a reunião para discutir meios de também contribuir com o fortalecimento do trabalho instituição.


O novo superintendente Aristóteles Cadidé observou que o fato de Mato Grosso ser um Estado de região fronteiriça favorece alguns crimes, como tráfico de drogas, contrabando e também o desvio de cargas.

“Já repassamos a preocupação do sindicato para o setor de inteligência da PRF e vamos criar um grupo para que, a partir dos dados coletados, possamos diminuir o roubo a carga. É nosso dever ouvir, abrir sempre as portas, e envidar todos os esforços para pelo menos diminuir esse tipo de ocorrência”.

Cadidé ressaltou, ainda, que é dever da PRF garantir o direito de ir e vir de todo e qualquer cidadão nas rodovias federais e também garantir segurança especialmente àqueles que detêm o sustendo das rodovias do país, a exemplo dos transportadores.


O presidente do Sindmat considerou a reunião bastante proveitosa acreditando que a aproximação com o novo superintendente da PRF vai contribuir para uma atuação mais forte no combate ao roubo de cargas no Estado. “Temos a esperança e certeza de que teremos um trabalho bem forte nesse segmento pela polícia rodoviária federal”.

0anuncie1.jpg
Últimas noticias