PF investiga organização criminosa responsável por roubos de carga em Goiás e Tocantins


A Polícia Federal deflagrou nessa manhã (03) a Operação CARGA TORTA II, visando desarticular organização criminosa especializada em roubo de carga transportada em rodovias estaduais e federais. Mais de 80 policiais federais cumprem oito mandados de prisão preventiva e 15 mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Criminal de Porto Nacional, especificamente nas cidades de Aparecida de Goiânia/GO, Anápolis/GO, Porto Nacional/TO, Brejinho de Nazaré/TO e Palmas/TO. A investigação teve início em abril de 2017, quando foi identificado um grupo criminoso especializado em cometer roubos de cargas transportadas em rodovias estaduais e federais. Dos crimes investigados, foi possível estabelecer que a organização criminosa foi responsável por roubos de cargas transportadas por caminhões na BR 153, próximo aos municípios de Nova Rosalândia/TO e Barrolândia/TO, não se descartando a participação do grupo criminoso em outros roubos ocorridos na região sul do Estado do Tocantins.


As mercadorias roubadas, geralmente do gênero alimentício e produtos de limpeza, abasteciam supermercados dos municípios de Brejinho de Nazaré/TO e Porto Nacional/TO e eram colocadas à venda nos estabelecimentos comerciais, cujos proprietários financiavam os executores dos crimes, assim como negociavam com estes a receptação das cargas roubadas. Em razão disso, tais pessoas também foram presas preventivamente.


Riscos Brasil


O nome da operação faz referência ao repasse das cargas obtidas ilicitamente.

Últimas noticias
Roubo de carga
Quem somos
|
|
|
|
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
Riscos Brasil é um portal de conteúdo informativo e educativo voltado ao mercado de logística e transporte, porém com foco em Segurança e Prevenção de perdas. Tire dúvidas, busque informações e participe das nossas ações de combate a criminalidade, em especial, roubo de cargas e demais crimes associados.