Alerj realiza audiência pública sobre crescimento de roubos de cargas

Estado registrou, até março, 2.636 ocorrências

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realiza, hoje, às 13h, uma audiência pública para debater o projeto de lei 3.804/18, de autoria da presidente do grupo, a deputada Martha Rocha (PDT). A proposta determina que as empresas que comercializam, transportam ou armazenam telefones celulares ou outros aparelhos eletrônicos que tiverem Imei – número de identificação global – deverão informar às delegacias de Polícia Civil todos os roubos ou furtos que sofrerem.

Segundo a proposta, os estabelecimentos terão um prazo de 24 horas para comunicarem as ocorrências. O descumprimento da norma acarretará multa com valores entre mil e cinco mil Ufir-RJ, aproximadamente R$ 3.294,00 e R$ 16.470,00. Os recursos serão destinados ao Fundo Especial da Polícia Civil (Funespol).Os deputados da Casa já fizeram três emendas ao projeto original que também serão debatidas durante a audiência. Martha Rocha explicou que a proposta será um novo mecanismo de combate ao roubo de cargas.


“O projeto é importante devido ao quadro de aumento da criminalidade no estado. No ano passado, a Comissão de Segurança da Alerj também já tinha apresentado ao Governo Federal um documento com 14 propostas para reduzir o roubo de cargas no Rio”, destacou a parlamentar.


Dados do Instituto de Segurança Pública apontam que o Rio de Janeiro tem mais de um roubo de carga por hora. Entre janeiro e março deste ano, o estado registrou 2.636 ocorrências, 917 apenas em março.


Riscos Brasil

Últimas noticias
Roubo de carga
Quem somos
|
|
|
|
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
Riscos Brasil é um portal de conteúdo informativo e educativo voltado ao mercado de logística e transporte, porém com foco em Segurança e Prevenção de perdas. Tire dúvidas, busque informações e participe das nossas ações de combate a criminalidade, em especial, roubo de cargas e demais crimes associados.