Prejuízo com roubo de cargas soma R$ 126 milhões em Goiás 

Um estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) mostrou que o custo do roubo e furto de cargas no Brasil somou R$ 6,1 bilhões entre 2011 e 2016, resultado de 97,7 mil ocorrências no período. Só em Goiás, considerado um dos três estados mais perigosos neste tipo de crime no Brasil, o prejuízo com mais de 2 mil ocorrências somou R$ 126,1 milhões. Segundo o estudo, numa lista de 57 países, o Brasil é o oitavo mais perigoso para o transporte de cargas, à frente apenas de países em guerra e com conflitos civis.

Só em 2016, o número de ocorrências de roubos de cargas em Goiás cresceu 36,8%. O Estado é um dos mais visados por causa da expressiva produção de alimentos, bebidas e medicamentos, facilidade de saídas e grande quantidade de receptadores. Anápolis é a cidade que registra mais ocorrências por abrigar o polo farmacêutico. Mas, na região da divisa de Goiás com os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, são comuns ocorrências de roubos de fertilizantes, defensivos e granéis agrícolas com soja

ROUBO DE CARGAS | GOIAS

Roubo de Cargas
Últimas noticias