Traficantes dividiram São Gonçalo e Niterói para roubos de cargas

Criminosos do Rio de Janeiro demonstram, novamente, que o crime realmente é organizado por lá... Jardim Catarina e Salgueiro são os maiores pontos de atuação na região.


A área de Segurança Pública no Estado do Rio, encabeçada por membros do Exército e sob intervenção federal, têm como prioridades, ainda no primeiro semestre de 2018, abrir uma frente de ações no interior fluminense. A ideia dos é parte do plano de descentralização das atividades iniciadas no mês de abril na capital. Os novos gestores da área de inteligência da Secretaria de Segurança Pública estão fazendo levantamentos que apontam algumas comunidades de São Gonçalo e Niterói como ‘entrepostos’ do crime organizado do Rio de Janeiro, para o fornecimento de drogas e armas para cidades do interior.

As informações do alto escalão da área de Segurança apontam os Complexos do Salgueiro, Jardim Catarina, e do Anaia, em São Gonçalo, não apenas como pontos de atuação do tráfico de drogas. Os militares já têm informações concretas de os criminosos também dividiram a cidade por áreas para aumentar os lucros através do roubo de cargas, modalidade de crime que, por coincidência, ‘disparou em algumas regiões do Grande Rio, a partir de ano passado.


Levi do Bumba intermedía ‘negócios’ do tráfico


Segundo levantamentos da Secretaria de Segurança, Amâncio Levi Clemente Moura, o Levi do Bumba, um mais antigos traficantes em atividade na região, também tem um posto estratégico na hierarquia da criminalidade, administrando os ‘negócios’ dos ‘chefes’, simultaneamente, em diferentes áreas de São Gonçalo e Niterói. Na primeira cidade, ele, segundo a polícia, é dono de um dos pontos de Tribobó, conhecido como ‘Berola’, região que foi ‘fatiada’ para outras lideranças do ‘CV’.

Niterói - Também Apontado pela polícia como principal responsável pelo tráfico de drogas no Morro do Bumba, em Viçoso Jardim, na Zona Norte de Niterói, Levi é citado em vários inquéritos em tramitação na Polícia Civil. em uma das maiores tragédias de Niterói, no deslizamento de uma encosta daquela comunidade em Niterói, am abril de 2010 que deixou ..mortos, Levi tentou se passar por uma dessas vítimas para tentar despistar a polícia.


180 roubos em apenas um mês em São Gonçalo


Somente no primeiro mês do ano, a Polícia Civil registrou 180 casos de roubo de cargas em São Gonçalo. A principal rota do crime na cidade, de acordo com as investigações, é a BR-101, entre os KMs 309 e 311, ponto de maior atuação até agora, nas ações iniciais dos militares na cidade.


Comparado com janeiro de 2017, que registrou 107 casos, o roubo de cargas teve um aumento de 68% no município. A facilidade que os criminosos têm para cometerem esse tipo de roubo é a geografia da cidade. “As principais comunidades de São Gonçalo tem ligação com a BR. Isso faz com que os roubos entrem facilmente nas favelas e sejam rapidamente divididos”, explicou um agente da Polícia Civil que investiga roubos praticados na região do Complexo do Salgueiro.


Apesar de poucos casos, esse tipo de roubo também virou uma preocupação para a população de Niterói. Enquanto em janeiro de 2017 foram registrados quatro roubos de cargas na cidade, no mesmo período de 2018 a polícia já registrou 16 casos.

O traficante Thomas Jhayson Vieira Gomes, o 2N seria atualmente em São Gonçalo, a principal liderança em liberdade na cidade e ‘homem de confiança’ dos chefes do Comando Vermelho confinados em penitenciárias do Rio e outras de alçada federal em outros estados brasileiros. Mesmo atrás das grades, Antônio Ilário Ferreira, o Rabico, e Luiz Paulo Gomes Jardim, o Luiz Queimado, teriam dado ‘carta branca’ a 2N para coordenar as ações criminosas na cidade. Com as mortes de Luiz Fernando Rodrigues de Souza, o Nando, e Rodrigo Jaccoud, o Robozinho, em janeiro desse ano, Schumaker Antonácio do Rosário, no Jardim Catarina, e outro criminoso identificado como Grisalho - substituto de Nando no Anaia e áreas próximas - seriam os principais articuladores de 2N na cidade.

Últimas noticias
Roubo de carga
Quem somos
|
|
|
|
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
Riscos Brasil é um portal de conteúdo informativo e educativo voltado ao mercado de logística e transporte, porém com foco em Segurança e Prevenção de perdas. Tire dúvidas, busque informações e participe das nossas ações de combate a criminalidade, em especial, roubo de cargas e demais crimes associados.